Diretoria tricolor afirma o que já havíamos divulgado em primeira mão no caso do jogador acusado de estupro!

Ednílson Santana de Moraes, 18 anos de idade, jogador de futebol, e que este ano jogou no Itabaiana pela Sub-18 na Campeonato Sergipano da categoria, permanece preso acusado de estuprar uma adolescente de 16 anos em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador..

De acordo com a polícia, Ednilson que aqui na serra é conhecido como “DDI”, invadiu a casa da vítima, no centro da cidade, e a atacou após uma perseguição até a residência da menina. 

O crime ocorreu no dia 30 de junho. Em seu depoimento, a garota confirmou o abuso sexual, o que complica ainda mais a situação do jovem atleta. Segundo a vítima, DDI fingiu está armado para pressioná-la a aceitar seus desejos.

DDI queria a prática de sexo oral, mas se assustou com a presença de um carro que passava em frente a casa da garota e correu, não se consumando a conjunção carnal, segundo informações da polícia baiana.

Edenilson foi preso por uma guarnição da Polícia Militar quando caminhava livremente nas ruas de sua cidade, onde ocorreu o abuso. O atleta já atuou nos juniores do Esporte Clube Bahia, e veio para o Tremendão ao lado do atacante Maré para jogar na equipe do treinador Lima Sergipano.

O titular da 23ª Delegacia Territorial de Lauro de Freitas/BA, delegado Joelson Reis, apresentou nesta terça-feira (16), às 11h, o jogador de futebol a imprensa.

Considerado um bom lateral-esquerdo, o compromisso do atleta com o clube sergipano se encerrou logo após a conquista da vaga para a Copa São Paulo, quando o Itabaiana sagrou-se vice-campeão do estado este ano, mas há o interesse de Lima em trazê-lo de volta ao elenco à partir do mês de setembro. DDI brigava pela vaga de titular com o Itabaianense Lagamar na lateral esquerda.

Como o atleta atualmente não pertence oficialmente ao clube serrano, sua diretoria resolveu se pronunciar  sobre o caso em questão na imprensa local somente nesta terça-feira.

“DDI sempre teve um comportamento exemplar em Itabaiana, e sua conduta no caso da menor nos surpreendeu. Ele não é no momento atleta nosso, e suas atitudes são de fórum pessoal, mas trata-se de um jogador de futuro sim, e que chegou a jogar no mnosso titme titular este ano sob o comando de nosso treinador Lima”, declarou o presidente Edvaldo Lima ao ser indagado pelo repórter Roberto Carioca.

 

Lateral que jogou este ano no Itabaiana foi preso sob acusação de estupro a uma menor!

Ednílson Santana de Moraes, 18 anos de idade, jogador de futebol, e que este ano jogou no Itabaiana pela Sub-18 na Campeonato Sergipano da categoria, está  preso acusado de estuprar uma adolescente de 16 anos em Lauro de Freitas, na Região Metropolitana de Salvador..

De acordo com a polícia, Ednilson que aqui na serra é conhecido como “DDI”, invadiu a casa da vítima, no centro da cidade, e a atacou.  O crime ocorreu no dia 30 de junho. Em seu depoimento, a garota confirmou o abuso sexual, o que complica ainda mais a situação do jovem atleta.

Edenilson foi preso por uma guarnição da Polícia Militar quando caminhava nas imediações da residência da vítima. O atleta já atuou nos juniores do Esporte Clube Bahia, e veio para o Tremendão ao lado do atacante Maré para jogar na equipe do treinador Lima Sergipano.

O titular da 23ª Delegacia Territorial de Lauro de Freitas/BA, delegado Joelson Reis, apresenta nesta terça-feira (16), às 11h, o jogador de futebol a imprensa.

Considerado um bom lateral-esquerdo, o compromisso do atleta com o clube sergipano se encerrou logo após a conquista da vaga para a Copa São Paulo, quando o Itabaiana sagrou-se vice-campeão do estado este ano, mas há o interesse de Lima em trazê-lo de volta ao elenco à partir do mês de setembro.

Como o atleta atualmente não pertence oficialmente ao clube serrano, sua diretoria tem evitado falar sobre o caso em pronunciamento a imprensa local.

DDI sempre teve um comportamento exemplar em Itabaiana, e sua conduta no caso da menor causou espécie aos que fazem o ambiente no clube do agreste sergipano.

Roberto Carioca: A informação com a marca da credibilidade!

Federação Sergipana divulga tabela da Segundona e Coritiba estreiará em Tobias Barreto!

FSF realizou o Congresso Técnico da Série A2 do Sergipão (Foto: Felipe Martins/GLOBOESPORTE.COM)

Em uma reunião sem problemas, e com as presenças dos dirigentes envolvidos no assunto, a FSF realizou na tarde desta segunda-feira, o Congresso Técnico e definiu tudo sobre a 2ª Divisão do Campeonato Sergipana-Série A2 deste ano.

Com quatro equipes, o regulamento definiu jogos de ida e volta entre os participantes, com a final em dois jogos dentre os melhores na fase inicial que começará no dia 15  de setembro. A decisão está programada para o dia 03 de novembro.

Na abertura, o Coritiba de Itabaiana irá ao Brejirão enfrentar a Amadense no domingo, dia 15, às 16:00hs. Depois receberá o Canindé em Itabaiana no dia 21, sábado, as 20:00hs.

A tabela completa, e o balanço geral da reunião arbitral na FSF, você terá no Programa Debate Esportivo da Rádio Capital com Roberto Carioca e Wílson Botafogo nesta terça-feira à partir das 18:05hs na rádio do povo. Ouça também pela internet: www.capitaldoagreste.com.br

Foto: Globoesporte.com

Coritiba de Itabaiana negocia débitos na FSF e anuncia oficialmente o seu treinador!

Marcos Mendonça vai voltar ao clube Itabaianense

Até o momento, o time que tem o comando maior do desportista Wílson Cunha, não conseguiu ainda os recursos necessários para quitar suas pendências financeiras, ora existentes da Federação Sergipana de Futebol.

Pelo menos foi isso o que declarou o cartola da equipe em entrevista ao Programa “Debate Esportivo” da Rádio Capital com Roberto Carioca e Wílson Botafogo neste final de semana.

“Nós contamos com o apoio de pessoas e empresas importantes que irão nos ajudar muito nesta segunda divisão que iremos disputar, e iremos pra ganhar, você não tenha dúvida disso. Quanto a nossa dívida com a federação de Carivaldo, já conversamos com o presidente daquela casa e tudo ficou definido em termos de negociação de pagamento com seus devidos valores. Vamos contar com grandes apoios, principalmente da Itnet através de nosso amigo Jâmisson, e já estamos buscando viabilizar estes recursos para ficar em dia com a FSF nos próximos dias”, afirmou Gia na entrevista.

Quanto ao novo treinador, o professor Marcos Mendonça já foi contactado para assumir o cargo. “É, Roberto Carioca. Já estamos acertando com o professor Marcos, que é muito competente e isso é muito importante. Até que pensei no treinador Aílton Rocha, meu grande amigo pessoal e um treinador de alto gabarito, mas os custos seriam maiores e nós não temos esta condição financeira tão boa assim. Isso não existe, eu trazer um profissional e depois ter dificuldades em assumir o acerto, e o Coritiba não trabalha assim”, concluiu.

Além do Coritiba, também o CSM de Maruim, o Canindé e o Amadense de Tobias Barreto  estarão na 2ª Divisão Sergipana com início previsto para setembro.

Roberto Carioca: Notícia objetiva, informação correta!

Fracassado: Manifesto #vemprarua nesta quinta-feira em Itabaiana não correspondeu!

 manifestação

                                                Foto: (Repodução/Facebook)

Longe do que aconteceu em sua 1ª edição. É assim que podemos classificar o 2º ato do manifesto realizado ontem à tarde em apenas algumas das ruas de nossa cidade, fazendo parte do “Dia Nacional de Lutas”, evento realizado a nível nacional em todo o país nesta quinta,dia 11.

Segundo informações que colhemos  acompanhando o ato de protesto, menos de 50 passoas se fizeram presentes ao movimento desta vez, o que não veio a despertar a atenção da sociedade local. Como em todos os lugares de protestos, a segurança pública mais uma vez foi uma das principais reinvidicações.

Pelo visto, a desorganização dominou o acontecimento, uma vez que órgãos importantes da comunidade, como Polícia Militar e SMTT, não foram comunicados oficialmente do manifesto. A nossa reportagem colheu informações junto ao Coronel Chaves, e ao Tenete Wágno, e ambos informaram oficialmente desconhecer o evento.

A própria CDL, através de sua diretoria, também ouviu do comando do 3º BPM, o fato de desconhecer a realização  da 2ª edição do #Vemprarua em Itabaiana.

O fracasso do evento foi tão notório, que desta vez nem se quer chegou ao seu final na Praça Fausto Cardoso, como se imaginava, a exemplo do que aconteceu no último dia 28 de junho em nossa cidade quando quase 1.000(mil) jovens teriam abrilhantado a caminhada que percorreu algumas das principais ruas da cidade.

Na oportunidade, mais de 100(cem) cartazes ficaram estampados ao redor do coreto da praça em frente a sede da Prefeitura Municipal por volta das 19:00horas no centro de Itabaiana.

Durante toda a tarde, o comércio da cidade funcionou normalmente, e nada de anormal veio a acontecer, felizmente, e pelo bem de todos.

Da redação, Roberto Carioca.

.

Leitura obrigatória: Conheça a mais completa história do Itabaiana nos seus 75 anos neste dia 10!

 Bira, o último técnico em competição nacional(2012)

A Associação Olímpica de Itabaiana é um clube de futebol brasileiro com sede na cidade de Itabaiana, no estado de Sergipe. Foi fundado em 10 de julho de 1938.

Índice

      *1 História

      Estádio Presidente Médice: Bem localizado, e no centro da cidade

 

História

A fundação

Diferente de muitas equipes que originaram-se de dissidências de outras, o Itabaiana formou-se de uma junção entre duas agremiações amadoras da cidade: o Brasil Football Club e o Balípodo Club Santa Cruz. O objetivo da fusão era manter uma frequência de atividades esportivas, já que estes dois clubes apareciam e desapareciam constantemente e não tinham um calendário fixo. Então os desportistas itabaianenses entenderam que deveria ser formado um time mais consistente, mais participativo e com maior regularidade esportiva.

Desta forma, no dia 10 de julho de 1938 fora fundado um novo time de futebol em Itabaiana, em cujo batismo inicial recebeu o nome de Botafogo Sport Club, nome que durou apenas três meses, pois o mesmo não adquiriu a simpatia de todos os integrantes. Assim no dia 6 de outubro de 1938, numa reunião de iniciativa do Sr. Irineu Pereira de Andrade, o time serrano passou-se a chamar Itabaiana Sport Club. A mudança definitiva para Associação Olímpica de Itabaiana ocorreu no início da década de 1950.

A escolha das cores do clube não foi difícil. Como o Santa Cruz tinha as cores azul e branco e o Brasil as cores vermelho e branco, a homenagem foi prestada aos precursores e o Itabaiana viraria o tricolor serrano, nas suas cores azul, vermelho e branco.

A primeira partida

A primeira partida do novo time itabaianense aconteceu em 14 de agosto de 1938. Ainda com o nome de Botafogo Sport Club. O time serrano enfrentou o Guttemberg Football Club da cidade de Aracaju. E o Sergipe Jornal, da capital anunciava:

“Na própria cidade de Itabaiana, encontrar-se-ão amanhã em partida amistosa, os fortes esquadrões do Guttemberg F.C desta capital e o Botafogo S.C daquela cidade. Ambos os quadros estão devidamente treinados prometendo deste modo um embate cheio de lances emocionantes, realizando em Itabaiana amanhã uma das suas maiores tardes esportivas”.

O jogo foi recheado de controvérsias e o Sergipe Jornal de 17 de agosto, numa matéria inteiramente parcial polemizou:

“Sob a arbitragem de um juiz inconsciente, os rapazes do Guttemberg F.C. perderam para o Botafogo S.C da cidade de Itabaiana, pelo apertado score de 2×1. (…) Decorridos alguns minutos de jogo, coube a abertura do score aos locais, não desanimando os visitantes que o tempo todo investem, (…). Em uma das vezes, apossando-se Teleco da bola, escapa, e a grande distância, em um forte pelotaço vaza as redes dos locais, mas o juiz, que desde o início da peleja procurava prejudicar todas as jogadas dos rapazes do “Guttemberg” anula inescrupulosamente o tento feito, sem aceitar o menor protesto do time prejudicado. Minutos depois, ainda Teleco apossando-se da pelota (…), descobrindo em frente ao goal dos locais, manda um forte tiro, conseguindo deste modo empatar a partida (…). Já ao término da peleja, chocam-se três jogadores, inclusive dois locais próximo à área penal dos visitantes, e o juiz, desconhecedor das refras do football, (…), ao em vez de marcar bola ao ar, marca uma penalidade contra os ‘guttemberguenses’, que batido, resultou em goal para eles, terminando a partida minutos depois com o score de 2 a 1, favorável ao time local”

Dos primeiros títulos à atualidade

O primeiro título veio em 1953 ainda como clube amador. Em 1960, o profissionalismo chega ao futebol sergipano, ocasião em que se consolidavam definitivamente os grandes clubes: Itabaiana, Sergipe e Confiança. O primeiro título de campeão sergipano de profissionais viria no ano de 1969 no antigo Estádio Etelvino Mendonça. Esse momento da história do time foi de fundamental importância, por ter provocado uma “febre” de auto-estima e orgulho nos itabaianenses, marcando para sempre o inicio de uma paixão entre clube e torcida.

O segundo título estadual seria conquistado no ano de 1973, em pleno estádio Lourival Batista, na capital. Mas foi entre o final da década de 70 e inicio da década de 80 (78, 79, 80, 81 e 82) que o Itabaiana consolidaria sua hegemonia no futebol do Estado, conquistando um inédito pentacampeonato, tendo como responsável direto por tal feito histórico o Sr. José Queiroz da Costa, eterno patrono da equipe, que não medira esforços para obter tais conquistas. Um jejum de 15 anos ocorreu até o próximo título em 1997, quando o Itabaiana derrotou o Confiança, mais uma vez no Batistão. Em casa, no Estádio Presidente Médici, o primeiro título de campeão sergipano seria conquistado em 2005, numa vitória sobre o rival do interior, o Lagartense. E recentemente, conquistou mais um Estadual (2012).

Estádio

O Estádio Estadual Presidente Médici com capacidade de onze mil pessoas é onde o Itabaiana manda seus jogos. O nome foi sugestão do então governador de Sergipe, Lourival Baptista, como modo de agradar o então Presidente da República, o militar Emílio Garrastazu Médici. O estádio foi inaugurado em 7 de março de 1971 num jogo do Tricolor Serrano contra o Grêmio/RS.

No dia da inauguração, naquela tarde festiva do dia 7 de março de 1971, a Olímpica de Itabaiana recebeu a visita da equipe do Grêmio de Porto Alegre. Foi uma tarde inesquecível e uma partida de futebol da melhor qualidade, apesar de o público ter voltado para casa sem ver gols, zero a zero foi o resultado final, mesmo com a equipe do Grêmio contando com a presença do tricampeão mundial, o lateral-esquerdo Everaldo, que travou um acirrado duelo com o veloz e habilidoso ponta-direita serrano Edmílson Santos, este não deu vida fácil ao famoso lateral. Vejamos então os protagonistas da festa:

ITABAIANA: Marcelo, Augusto, Humberto, Elísio e Messias; Gustinho, Bené e Zequinha; Edmilson, Horácio e Tatica;

Grêmio: Jair, Domingos (Espinosa), Di, Beto e Everaldo; Jadir (Júlio Amaral – Ivo), Gaspar e Caio; Flecha, Alcindo (Paraguaio) e Loivo;;

O futebol serrano ganhara um palco a sua altura, ao seu nível, pois agora a cidade tinha um novo e moderno espaço para as apresentações do seu time. Sendo assim, desde aquele dia 7 de março de 1971 até os dias atuais, a Associação Olímpica de Itabaiana recebe seus convidados e joga contra seus adversários neste palco…” – Retirado de: Associação Olímpica de Itabaiana – Da Gênese ao Penta

O Médici é a casa do Itabaiana quando manda os seus jogos, e está localizado entre a Praça Etelvino Mendonça e a Avenida Manuel Francisco Teles, no centro da cidade de Itabaiana. Conta com espaçosos vestiários, um gramado de excelente qualidade, iluminação para jogos noturnos e placar eletrônico. Uma curiosidade digna de nota é que o Itabaiana conseguiu ganhar apenas um título estadual dentro dessa praça desportiva, exatamente o título do ano de 2005.
Entre 2009 e 2010 o estádio passou por uma grande reforma. A obra consistiu-se em intervenções gerais, como recuperação estrutural, ampliação da arquibancada com o fechamento do anel (aumentando em cerca de 30% a capacidade do estádio), acréscimo na altura do alambrado, construção de mais sanitários, construção de plataformas na arquibancada, instalação de novo placar eletrônico, revisão de cobertura em telha de fibrocimento e impermeabilização, dentre outros serviços para recompor toda a estrutura. Ao todo, a obra representou um investimento de mais de R$ 2 milhões.

Personalidades

Algumas personalidades e alguns ídolos da Associação Olímpica de Itabaiana: dirigentes, jogadores e treinadores;

Brasil Zé Queiroz
Brasil Duda
Brasil Debinha
Brasil Chaparral
Brasil Aílton Rocha
Brasil Marcelo
Brasil Augusto
Brasil Humberto
Brasil Messias
Brasil Bené
Brasil Elísio
 
Brasil Gustinho
Brasil Edmílson Santos
Brasil Tatica
Brasil Horácio
Brasil Zequinha
Brasil Everaldo
Brasil Heribaldo
Brasil Arnaldo
Argentina Juan Cely
Brasil Nilson Hora
 
Brasil Misso
Brasil Mica
Brasil Damião
Brasil Aílton
Brasil Esmerino
Brasil Toinho Aruba
Brasil Angioletti
Brasil Danilo Alvim
Brasil Florisvaldo
Brasil José Carlos Fescina
 
Brasil Gil Sergipano
Brasil Lima Sergipano
Brasil Paulo Sérgio Adocica
Brasil Pedro Costa
Brasil Nem
Brasil Raulino
Brasil Matheus
Brasil Freitas Nascimento
Brasil Fabiano

Hino

O autor da letra do Hino Tricolor é o poeta Alberto Carvalho (irmão de Petrônio, ex-jogador do time) e a música, do famoso maestro pernambucano Nelson Ferreira. O cantor escolhido para a interpretação foi o conhecidíssimo Claudionor Germano. O hino aborda aspectos da cidade de Itabaiana, tais quais a Serra de Itabaiana (símbolo maior do município), a paixão de sua torcida (considerada a mais apaixonada do estado) e o espírito de luta do “valente time do interior” (apelido dado pela Revista Placar no ano de 1981).

Descendo a Serra
jogando uma bola
com alma e paixão

Três cores na faixa
alegria do povo
é o seu campeão

Em casa ou distante
o ator é o mesmo
no campo de ação

Na vitória ou derrota
a disputa com luta
e o abraço do irmão

Somos Itabaiana
Cidade celeiro
que vibra no esporte
com o seu Tremendão!

Uniforme

Principal: Camisa com listras verticais azuis, brancas e vermelhas, calção azul e meias azuis.

  • Secundário: Camisa branca com faixas horizontais em azul e vermelho, calção azul e meias azuis.

Curiosidades

  • Em 1971, o regulamento do Campeonato Sergipano foi alterado em pleno andamento. A competição deveria ser realizada em dois turnos, como o Itabaiana havia sido campeão do primeiro turno e liderava o segundo com folgas, houve uma reunião na FSF, onde foi mudada a fórmula do campeonato: deveria haver um terceiro turno, e o campeão deste decidiria o título com o Tremendão numa melhor de três. Resultado: Sergipe campeão do terceiro turno. Melhor de três com dois jogos no Batistão e um no Médici.
  • O ano era 1973, Sergipe e Itabaiana novamente na final: Dois jogos no Batistão e apenas um no Médici. No primeiro jogo, no Batistão, o Tricolor é prejudicado pela arbitragem e o Sergipe vence. Segundo jogo, no Médici: Vitória do Itabaiana. Terceiro jogo, no Batistão: A Associação Olímpica de Itabaiana exige árbitro de fora do estado e é campeão dentro do Batistão em cima do Sergipe. Foi a primeira vez que um clube sergipano exigiu arbitragem da FIFA.
  • O Itabaiana foi pentacampeão do estado de 1978 a 1982. Em todos os jogos das finais foi exigida arbitragem da FIFA, pelo patrono do Itabaiana, o Sr. José Queiroz da Costa.
  • Em 1981, novamente o clássico na final do campeonato: Itabaiana e Sergipe. O vermelhinho da capital, com a colaboração da FSF, decidiu fazer a finalíssima num feriado e com os portões abertos, com o objetivo de lotar o Batistão com a torcida do Sergipe e esmagar a torcida tricolor. O Itabaiana protestou, mas a decisão foi mantida. O patrono do Itabaiana, o Sr. José Queiroz da Costa, anunciou na véspera da decisão que o Tremendão não entraria em campo. No dia do jogo, às 4 da tarde, o Batistão estava vazio (já que todos acreditavam que não haveria jogo), o Sergipe entrou em campo certo da vitória por W.O e… o Tricolaço entra em campo, surpreendendo a todos. Resultado: Sergipe 0×1 Itabaiana, Tricolor campeão.
  • Em 1982, aconteceu um episódio conhecido por “Golpe do Nacour”. Itabaiana e Sergipe na final. Como sempre, o Tricolor exigiu arbitragem da FIFA. A FSF anunciou que o árbitro seria o maranhense Nacour Arouche (cunhado do médico do Sergipe), aspirante à FIFA, alegando que não havia árbitros disponíveis. Desta vez o Itabaiana realmente não entrou em campo e o resultado ficou a cargo da justiça. No TJD, os julgadores decidiram pelo Sergipe como campeão por cinco votos a um. O Itabaiana recorreu ao STJD junto ao renomado advogado Valed Perry e lá declararam a Associação Olímpica de Itabaiana campeã por sete votos a zero. Os resultados dos julgamentos só saíram em 1983, e como não havia mais como decidir no campo, a FSF declarou ambos os times campeões.

Pioneirismo

Primeiro e único clube sergipano a vencer uma competição Regional (Copa do Nordeste 1971).

  • Primeiro e único clube sergipano à disputar uma final interregional (Campeonato Norte-Nordeste de 1971).
  • Primeiro clube sergipano a profissionalizar atletas com carteira assinada.
  • Primeiro clube sergipano a pagar décimo terceiro a atletas.
  • Primeiro clube sergipano a jogar no Maracanã
  • Primeiro clube sergipano a participar da Loteria Esportiva.
  • Primeiro clube sergipano a ter jogos apitados por árbitros da FIFA.
  • Primeiro pentacampeão profissional do Estado (78/79/80/81/82).

Elenco 2013

Elenco atualizado em Dezembro de 2012.7

Escalação Base

Soccer.Field Transparant.png

7 Washington
9 Reinaldo gaúcho
11 Wilson júnior
8 Julian
5 Anderson Paulista
4 Rogério
6 nininho
1 Servulo
2 Gilberto Matuto
3 Celso

LEGENDA:

Captain: Atual Capitão

Goleiros
  BrasilServulo
  BrasilIvan
  BrasilRobson Júnior
Zagueiros
  Brasil Silvio
  Brasil André Nunes
  Brasil Rógenes
  Brasil Rogério Paraíba
  Brasil Celso
  Brasil Alexandre
Laterais
  Brasil Rony (D)
  Brasil Ricardinho (D)
  Brasil Gilberto Matuto (D)
  Brasil Nininho (E)
Volantes
  Brasil Ícaro
  Brasil Edson
  Brasil julian
  Brasil Anderson Paulista
  Brasil Júnior
Meias
  Brasil David
  Brasil André
  Brasil Washington
  Brasil Júnior Santos
  Brasil Miguel Prestes
Atacantes
  Brasil Reinaldo Gaúcho
  Brasil Gilmar
  Brasil Diego Silva
  Brasil Klenisson
  Brasil Wilson Júnior
Técnico
  Brasil Freitas Nascimento

tendo como sistema tático 4-4-2

Principais Títulos

Regionais

BandeirasNordesteBrasil.gif Taça Nordeste: 1

1971

Estaduais

Sergipe Campeonato Sergipano: 10

1969, 1973, 1978, 1979, 1980, 1981, 198210 , 1997, 2005 e 2012.
2006 e 2007.
  • Sergipe Torneio Seletivo de Sergipe: 1
1971.
2002
2012

Categorias de Base

Sergipe Campeonato Sergipano de Futebol Juniores: 2

2002, 2004.

Outras conquistas

Campeonato da Zona Centro de Sergipe: 1959

Destaques

Brasil Vice-Campeão Norte-Nordeste de 1971

Artilheiros Tricolores do Campeonato Sergipano

Artilharia
Atleta Competição Ano Gols
Horácio Sergipe Campeonato Sergipano 1969 Gol marcado ??
Duda Sergipe Campeonato Sergipano 1973 Gol marcado 17
Nilson Hora Sergipe Campeonato Sergipano 1980 Gol marcado 16
Pedro Costa Sergipe Campeonato Sergipano 1993 Gol marcado 27
Paulo Sérgio Adocica Sergipe Campeonato Sergipano 1997 Gol marcado 27
Tosca Sergipe Campeonato Sergipano 2002 Gol marcado 14
Luciano Baiano Sergipe Campeonato Sergipano 2004 Gol marcado 16

Livros sobre o Tremendão

“Associação Olímpica de Itabaiana: Da Gênese ao Penta” (2010), de Manoel Aelson Gois.

Ranking da CBF

Posição: 119º

  • Pontuação: 405 pontos

Ranking criado pela Confederação Brasileira de Futebol que pontua todos os times do Brasil.

Ver tambémCategoria

Referências

  1. Técnico Freitas Nascimento é oficializado no comando do Itabaiana.Ele já trabalha com diretoria possíveis contratações. Ex-jogador Lima é contratado como gerente de futebol. Adailton Souza será vice-presidente. (em português). GE Sergipe (12/11/2012). Página visitada em 18/11/2012.
  2. Itabaiana anuncia Laelson Lopes como novo treinador para série D.Técnico estava no Bahia sub-20 e já foi campeão alagoano pelo CSA. (em português). GE Sergipe (24/05/2012). Página visitada em 24/05/2012.
  3. Laelson Lopes compara Itabaiana ao Asa de Arapiraca: ‘torcida apaixonada’. (em português). GE Sergipe (30/05/2012). Página visitada em 30/05/2012.
  4. Itabaiana acerta com Celso Teixeira, ex-treinador do Sergipe. O técnico vai comandar seu quarto time neste ano, e deve estrear contra a ex-equipe na próxima quarta-feira pela Taça Estado de Sergipe. (em português). GE Sergipe (20 de abril de 2012). Página visitada em 21 de abril de 2012.
  5. Quintino Barbosa é o novo técnico do Itabaiana. Ele deixa o Atlético-BA. (em português). GE Sergipe (1 de março de 2012). Página visitada em 3 de março de 2012.
  6. Itabaiana-SE apresenta os novos uniformes para 2013. Coleção Futebol (02-01-2012). Página visitada em 16-01-2013]].
  7. Com show pirotécnico, diretoria do Itabaiana apresenta elenco para 2013. GE Sergipe (06/12/2012). Página visitada em 06/12/2012.
  8. Júnior Maranhão, nova atração do River. (em português). Emsergipe.com (10 de junho de 2011). Página visitada em 12 de junho de 2011.
  9. Diretoria do River inicia preparativos para Série D.Campeão Sergipano de 2011 se prepara para disputar o Brasileiro Série D. (em português). Emsergipe (22 de junho de 2011). Página visitada em 23 de junho de 2011.
  10. O campeonato de 1982 foi dividido com o Sergipe

Ligações externas

Fatalidade: Volante que jogou no Itabaiana ano passado e queria disputar o Mundial 2014 morre e choca o país do futebol!

Claudiney Rincon, volante que jogou no Itabaiana no ano passado pela Série D do Campeonato Brasileiro, faleceu na madrugada deste domingo, e a provável causa, segundo a medicina, foi que o atleta teria sido vítima da Malária Africana. A notícia estourou como uma tragédia para o futebol brasileiro, uma vez que há outros jogadores de nosso país que atuam lá, e também estão com o mesmo problema de saúde.

Rincon, qua após deixar o Itabaiana no final do ano passado, foi defender o Avenida, clube da segunda divisão gaúcha, tinha 33 anos, e foi contratado pelo tricolor serrano através de indicação do atual diretor técnico da FSF, Diôgo Andrade ao diretor de futebol Adaílton Resende em meiados de 2012.

Natural de Paracatu, no interior paranaense, o veterano teve como último clube ao deixar o Itabaiana, o Avenida-RS, que disputa a divisão de acesso gaúcha. Apesar de ser brasileiro, ele se naturalizou como cidadão de Guiné Equatorial, país que também fala português.

O jogador defendeu a seleção do país africano no início de junho. Primeiro, no amistoso contra Togo (derrota por 1 a 0). Depois, pelas Eliminatórias Africanas para a Copa do Mundo de 2014, quando Guiné perdeu do Cabo Verde, por 2 a 1, e empatou com a Tunísia, por 1 a 1.

Antes desta aventura por Guiné Equatorial, Rincón rodou por vários clubes. Entre eles, muitos paulistas. O jogador defendeu Santo André, Paulista, São Bento, Guarani e São Bernardo. Mais recentemente, ele atuou por ASA, Macaé-RJ, Itabaiana-SE e Avenida-RS.

Agora, há um temor de que a doença possa se alastrar pelo território nacional. Isso porque outro jogador que defendeu Guiné Equatorial, o goleiro Danilo, do Alecrim-RN, também foi contaminado pela doença. Ele está internado na Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital Giselda Trigueiro, na zona Oeste de Natal.

A última convocação da seleção africana contou com vários outros brasileiros. Entre eles, os meias Judson (São Bernardo) e Dio (Saad-MS), e os atacantes Jônatas Obina (Ferroviária) e Ricardinho (São Bernardo).

Rincon veio reforçar o campeão sergipano 2012 ao lado de jogadores conhecidos como o zagueiro Váldson, Rodrigo Fonseca, Duílio, Jaílton e Carlos Luna, goleiro que chegou na serra na mesma semana do volante. “Lembro-me bem que tanto nós da torcida, como também a torcida, queria o atleta na equipe titular, ao contrário do  treinador do clube”, frisou o repórter Roberto Carioca, setorista tricolor no rádio esportivo sergipano.

 

Nena, amigo de Rincon, também defendeu Guiné Equatorial

Além do volante que jogou no time  do Itabaiana, outros jogadores brasileiros também já defenderam a seleção daquele país. O atacante Nena, do Guarani, é um deles. Os outros são o zagueiro Neto (Barretos), o zagueiro Florian Claudino (São Bento) e o lateral William (Grêmio Osasco), todos do futebol paulista.

A malária é uma doença transmitida pela picada das fêmeas de mosquitos do gênero Anopheles, enconstradas em países como Brasil, China e Índia, além da África. Segundo a Organização Mundial da Saúde, a malária mata 3 milhões de pessoas por ano, uma taxa só comparável à da Aids, e afeta mais de 500 milhões de pessoas anualmente.

O sepultamento de Claudiney Rincon acontecerá nesta segunda-feira.

Da redação, Roberto Carioca

 

Coritiba tem estádio Presidente Médice aprovado para a segundona sergipana!

    Estádio de Canindé sempre teve bom gramado

Nove equipes estão inscritas no Campeonato Sergipano da segunda divisão, porém algumas delas estão se esquecendo das justas exigências feitas pela FSF para que se dispute o certame que já vem por aí.

Dentre elas, está o Proporiá, que no momento nem estádio em condições de jagar tem à sua disposição. Já o Aquidabã, saco de pancadas nas últimas edições, tenta se organizar e até já marcou um amistoso diante do Sergipe no próximo, dia 21, folga do vermelhinho no Brasileirinho.

Por outro lado,  outras duas equipes podem ser desclassificadas sem nem sequer rolar a bola. Após vistorias da FSF nos estádios, Dorense e Laranjeiras receberam sinal amarelo a caminho do veremlho. Os laudos com as informações dos locais serão entregues ao presidente Carivaldo Souza da Federação na próxima terça-feira.  Á princípio, tias situações preocupam. 

No Estádio Ariston Azevedo, em Dores, o gramado e vestiários estão em boas condições, o que não se pode dizer em relação a iluminação. Já no Aldebrando Franco, em Laranjeiras, a situação é a pior de todas, pois o estádio tem piorado a cada dia, inclusive em seu gramado que está ruim.

O prazo para estas duas equipes atenderem as exigências mínimas da FSF é até o dia 15 de setembro, data esta que estará a apenas duas semanas do início da competição, programada para o último sábado do mês, segundo nos informou Diôgo Andrade, diretor técnico da FSF em entrevista a Roberto Carioca esta semana no Programa Debate Esportivo da Rádio Capital do Agreste da cidade de Itabaiana.

Em relação aos estádios  Antônio Brejeiro da Amadense em Tobias Barreto,  e Vavazão do Maruinense  em Maruim, e o do Coritiba , Presidente Médici em Itabaiana, todos já estão aprovados após vistorias realizadas esta semana.. Quanto ao Andrezão em Canindé do São Francisco, o mesmo ainda não está pronto, faltando  melhorar o seu sistema de iluminação artificial, o que deverá acontecer neste início de Julho.

“Nove equipes nos procuraram visando a segunda divisão, e três delas já pagaram a taxa da CBF. O Coritiba através do seu patrono Gia, esteve em reunião com o nosso presidente Carivaldo e crêio que tudo será resolvido em relação ao time de Itabaiana. Porém, não abriremos mão das nossas exigências, e quem quiser disputar vai ter que obedecer ao que tem dito a FSF, e isso não vem sendo dito de última hora”, relatou Diôgo Andrade, representante da federação.

Roberto Carioca: A notícia com a marca da credibilidade!

Tragédia no nordeste: Jogador é assassinado pelo árbitro que foi esquartejado no gramado!

Dois crimes de uma barbárie sem tamanho aconteceram  no Povoado Centro do Meio, nas margens da BR 316,  zona rural (3km de Pio XII-MA e 127km  de São Mateus-MA)

O primeiro crime aconteceu dentro do campo de futebol, quando o jogador Josemir Santos, 30 anos, após a expulsão, discutiu com o árbitro Otávio Cantanhede, de 21 anos, que teve uma ação covarde ao surpreendentemente tirar uma faca da cintura e desferir várias facadas no peito do jogador que morreu após se levado para o hospital da região.E foi aí que a população revoltada fez justiça com as próprias mãos, apedrejando o autor das facadas e em seguida o mataram, decepando suas  mãos, pés e cabeça,.

Josemir, o atleta, era funcionário dos Correios em Pio X II e considerado na cidade como um cidadão de bem.

Irmãos do jogador e populares que assistiam a pelada, mataram a pauladas o árbitro e colocaram partes do corpo pendurado numa estaca e na cerca de arame farpado no povoado Centro do Meio.

“Se todos fizessem assim, acabava um pouco com a fama dos valentões aqui no Maranhão”, afirmou um parente da vitima que não foi identificado no local.

Por enquanto, há apenas um envolvido preso. veja a foto do árbitro, quando ainda em vida.

Veja  abaixo, as imagens fortes do corpo do árbitro esquartejado ainda no gramado.

Fonte: Imprensa do MA.

Quarta-feira de decisão inédita no futsal sergipano!

      Patrono Marcos Costa: “Conquista é  na bola e em quadra”
 
 
Uma partida para realmente mexer com os brios do futsal sergipano. É assim que está sendo tratado o duelo entre Real Moitense e Lagarto, que acontece nesta quarta-feira, às 20h30, no ginásio do Sesi, no Marcos Freire II em Nossa Senhora do Socorro.
 
Na verdade, será um histórico encontro decisivo, pois afinal a partida terá duração de apenas 3 minutos e 14 segundos, tempo restante quando o jogo disputado em 31 de maio foi interrompido pela arbitros Cristhian Barnei e Neifran Diniz, arbitragem esta que alegou falta de segurança após uma briga generalizada entre jogadores e comissão técnica das duas equipes.
 
O quebra-pau foi parar no Tribunal de Justiça Desportiva, que em primeira instância entendeu que o título era do time mandante da final, entretanto em razão do recurso impetrado, o tribunal voltou atrás e determinou a realização de uma nova partida com o tempo restante do jogo.
 
Apesar do prejuízo, os dirigentes do Lagarto não recorreram ao STJD, o que com que o pessoal do Real Moitense viesse a comemorar a decisão do tribunal. Na ocasião o jogo foi interrompido quando o placara apontava 1 a 1. Se este resultado permanecer até o fim, os lagartenses garantem o título do 1º turno, porém se os moitenses vencerem por qualquer resultado levantam o caneco. O campeão garante vaga na grande final do Campeonato Sergipano. 
 
A Federação Sergipana de Futsal informou que será liberada apenas a entrada da imprensa, da arbitragem, de um dirigente de cada equipe, além da comissão técnica e dos jogadores, exceto os expulsos naquela final. Vale lembrar que os expulsos foram dois suplentes do Moita, e um titular que estava em quadra pela equipe Lagartense.
 
Sendo assim, a equipe verde entrará em quadra com um jogador a menos por dosi minutos, a menos que o adversário faça logo um gol, e se isso acontecer, logo a equipe de Lagarto serpa recomposta imediatamente.
 
Com esta “vantagem”, o treinador Galego deverá entrar com Rogério no gol-linha, e Marcondes como opção imediata. No Ginásio Ribeirão, o Real Moitense chegou a abrir 1 x 0, e teve chances de ampliar, mas o empate que beneficiava o Lagarto veio logo depois dos 16,5 minutos, o que gerou uma confusão enorme em quadra, fator determinante para o encerramento antecipado do encontro onde a torcida Lagartense era maioria.
 
Da redação, Roberto Carioca.