A Polícia Militar de Sergipe, através do comando do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM), sediado na cidade de Itabaiana, a 58 quilômetros de Aracaju, esclarece aos cidadãos a solicitação de suspensão dos jogos futebolísticos realizados no estádio Presidente Médici, em virtude da apresentação de irregularidades no centro esportivo.

Em ofício encaminhado nessa terça-feira (19) à direção da Associação Olímpica de Itabaiana, o comandante do 3º BPM, major Reinaldo Chaves(foto: Alan de Carvalho), justificou a notificação, ao tempo em que solicitou providências para garantir as condições necessárias de segurança visando à integridade física dos torcedores, profissionais de imprensa, profissionais liberais, funcionários e profissionais desportistas que frequentam o estádio.

No documento, o major Chaves relatou haver constatado, em inspeção de rotina no local, que havia um carro Fiorino servindo como “pseudo-ambulância”, na qual não existia o desfibrilador, a fim de atender a qualquer emergência no estádio de futebol. O oficial ainda questionou a presença de alguns torcedores circulando com motocicletas na parte interna do estádio, com a conivência dos porteiros, que realizavam a fiscalização de entrada e saída dos cidadãos.

A fim de salvaguardar a integridade física dos envolvidos nos eventos esportivos, o major declarou que a PM só permitirá que o evento se inicie após a confirmação e constatação de ambulância local com desfibrilador (aparelho usado para reverter arritmias graves ou potencialmente graves, pela passagem de uma corrente elétrica através do coração) compatível com o evento e da designação com identificação de estacionamento para motocicletas.

“Informamos, ainda, que será colocado nas intermediações do estádio de futebol o pelotão de trânsito local e a SMTT [Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito] para que os veículos denominados motocicletas, que circularem na parte interna do estádio, sejam autuados administrativamente e o condutor conduzido à Delegacia de Policia Civil do município de Itabaiana”, registrou no documento.

Em resposta ao 3º Batalhão, o diretor Social/Marketing da Associação Olímpica de Itabaiana, Luciano de Jesus Oliveira, emitiu um documento afirmando que as providências já estão sendo adotadas no intuito de evitar que motocicletas transitem no interior do estádio Médici. O diretor evidenciou que os condutores de motocicletas terão de adentrar o estádio pelo portão dos fundos, na rua Santa Cruz, e estacionar seus veículos em local reservado, sob a fiscalização de uma equipe de seguranças e um coordenador da Associação Olímpica. Dentro do estádio, a moto deverá estar desligada.

Luciano de Jesus também informou que entrou em contato com equipes do Corpo de Bombeiros, mas alegou que a Corporação não dispõe de ambulância com desfibrilador para prestar apoio nos eventos. “Encaminharemos este Ofício/Portaria à Federação Sergipana de Futebol, a fim de que a mesma, sendo detentora da realização da competição, tome as devidas providências cabíveis”, escreveu em nota ao 3º BPM, agradecendo a parceria e o empenho da Polícia Militar na segurança dos jogos na cidade de Itabaiana.

 

Fonte: PM/SE