Federação Sergipana de Futebol é assaltada (Foto: Barroso Guimarães)
Esta é a sede da Federação Sergipana de Futebol  assaltada, em foto do radialista Barroso Guimarães

Nesta quarta-feira, dia 23, por volta das 13:00 horas, dois elementos armados invadiram a sede da entidade, renderam o presidente da mentora sergipana, funcionários e levaram computadores e pertences de todas as vítimas presentes.

O presidente da Federação Sergipana de Futebol, Carivaldo de Souza passou por um grande susto no início da tarde desta quarta-feira. Ele e funcionários da entidade foram rendidos por dois assaltantes armados, que invadiram a sede da entidade, renderam a todos e levaram computadores, além de celulares, dinheiro e uma moto das vítimas que estava estacionada em frente ao prédio.

A ação dos criminosos aconteceu no momento em que Carivaldo dava entrevista ao vivo na Rádio Cultura. A conversa com o apresentador do programa foi interrompida repentinamente. Minutos depois, a produção do programa conseguiu novo contato com o mandatário da FSF, que explicou o que havia acontecido. 

“Na hora da entrevista, apareceu o meu filho na sala, rendido por um homem armado dizendo que ara parar tudo. Ainda tentei reagir, mas meu filho me segurou e eles levaram as coisas e foram embora. Ninguém tem segurança mais em lugar nenhum. Estamos a dez metros de um posto policial. Está difícil de trabalhar e viver nessas condições”, disse Carivaldo.

Em seguida, o presidente da FSF foi à delegacia plantonista prestar um boletim de ocorrência. O jovem Cardoso, um dos dedicados funcionários da casa, não se encontrava no momento do assalto e foi um dos que lamentou  a ação dos marginais. Há poucos metros e na mesma rua do ocorrido, existe um posto da Cia de Polícia, mas nada está se respeitando mais.

No último sábado ao meio-dia, o presidente Carivaldo Souza  já havia  prestado entrevista no Momento Esportivo da Rádio Capital do Agreste da cidade de Itabaiana.

Da redação, Roberto Carioca.