Motivada pela briga no tapetão, que envolve o campeonato do Maranhão, a CBF resolveu adiar a série de mata-mata que envolve equipes do nordeste visando a próxima edição da competição regional que mais cresce no país.

A informação foi passada pelo supervisor Gilberto Nunes no final de semana em entrevista na Rádio Jornal ao repórter Roberto Carioca, setorista do Itabaiana.

Todos os detalhes foram debatidos inclusive no domingo na mesma emissora, com a participação de toda a equipe da 540.

Da redação, Wílson Botafogo.