Atacante campeão entrou no 2º tempo

Este é o sergipano Fábio Júnior, reforço que vem com passagem pelo Ríver Plate de Carmópolis, onde já sagrou-se campeão do estado. O atleta jogou também no Avenida, clube gaúcho(foto acima), dentre outras equipes. Neste sábado, ele fez seu primeiro jogo pela equipe de Marcos Mendonça, entrando na segunda etapa, e colaborando para a vitória alvi-verde serrana.

O jogo no 1º tempo

O Coritiba começou o jogo pressionando o adeversário com  jogadas comandadas por Felipe Sertânia que caía sempre pela direita de seu ataque e alí criava sempre boas situações de perigo para o Canindé. Porém, o goleiro Hudson estava muito seguro e não deixava a bola entrar.

De tanto pressionar, o Coritiba conseguiu abrir o marcador aos 20 minutos, com Jajá em cobrança de pênalti que aconteceu. De perna esquerda, o cobrador oficial da equipe mandou sem chances para Hudson e marcou o primeiro gol do time de Itabaiana fazendo 1 x 0..

O Canindé sentiu o gol adverso, mas continuou sendo dominado em campo. O Coritiba, jogando melhor, criava boas oportunidades e teve mais duas chances de ampliar o placar.. Aos 40 minutos, o meia Felipe Sertânea quase marcou um gol olímpico em cobrança de escanteio que veio da direita. Antes, ele já havia entrado livre na área e chutou fraco nas mãos do goleiro.

Quem também fez a sua estréia, mas pela equipe do Canindé, foi o volante Raulino, sergipano de Pinhão. “Eu não poderia deixar um jogador das qualidades do Raulino como opção no banco de reservas. Ele irá nos ajudar muito neste campeonato ainda”, disse o treinador Eraldo Rocha em entrevista a Rádio Capital da cidade de Itabaiana, após o jogo em que foi derrotado

 Raulino sentiu a falta de entrosamento

A etapa final

No segundo tempo, o Coritiba continuou melhor no início, e aos 10 minutos, Nilson Sergipano perdeu grande chance de fazer o segundo. O atacante de Riachão do Dantas entrou por trás da zaga e na cara de Húdson, acertou a trave esquerda. À partir deste lance, o  Canindé cresceu em campo na tentativa de reagir principalmente em chutes chutes de Jean, porém seus atacantes, a exemplo de Curel e Capela não estavam bem na pontaria.

Em uma jogada rápida, após Sertânea sofrer falta que o árbitro Maurício Tavares não deu, houve um lançamento milimétrico de Capela para Curel que ia entrando livre na grande área, mas parou na saída do atento goleiro Acácio que fea falta na meia lua  e recebeu cartão amarelo. Na cobrança maestral, Capela quase empatou tirando tinta da trave direita do gol do Coritiba

Somente aos 41 minutos veio a alívio na serra, quando o batalhador e artilheiro nato Jajá recebeu cruzamento de Alex Júnior que fechava pela esquerda, e Jájá que ia entrando na área bateu forte de primeira sem chances para o goleiro do time sertanejo, definido o marcador.

Mesmo com as mudanças feitas na fase final do jogo, o técnico Eraldo Rocha não foi feliz, principalmente ao colocar os colombianos Ringo e Alejãndro que nada fizeram.

Com a vitória, o Coritiba é o novo líder da Série A2, e irá a Maruim no próximo domingo enfrentar a equipe local do Maruinense. Na vitória deste sábado diante do Canindé, o jogo do time de Gia teve transmissão da Rádio Capital do Agreste e da Rádio Jornal AM. A renda foi de R$ 1.980,00, com 198 pagantes comprando ingresso na bilheteria do estádio.

O Coritiba jogou com Acácio, Gláuber, Carlos Alberto, Thiago e Vinícius. Lima Paraíba, Felipe Sertânea(Negueba), Batatinha e Aex Júnior. Jajá(Danilo Ramos), e Nílson Sergipano(Fábio Júnior). Já o Canindé atuou com Húdson, Noá, Stênio, Anselmo e Teté(Wesley). Raulino, Robinho(Ringo), Danilo(Alejãndro), e Capela. Curel e Jean.

Da redação, Roberto Carioca.