| Foto: Ascom_SSP/SE

Após uma minuciosa investigação do Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária e Administração Pública  da SSP/SE,  a Polícia Civil realizou uma grande operação que envolveu a capital sergipana e diversos municípios do interior sergipano, inclusive aqui no agreste do estado.

 No geral, a polícia apreendeu 31 computadores, diversos ceulares, aparelhos de fax, máquinas usadas para a realização da jogatina e documentos, além de calculadoras. Um associação de banqueiros, localizada no bairro Santo Antônio, também foi alvo da ação da polícia.  

 

Delegada Katarina Feitosa | Foto: Ascom_SSP/SEA operação aconteceu, além de Aracaju, nas cidades de Lagarto, Propriá, Laranjeiras, Campo do Brito, Ribeirópolis e Carira. Dra  Katarina Feitoza(foto), superintendente da Polícia Civil, e ex-delegada em Itabaiana, sobre o assunto, declarou:

“Esse trabalho é o desdobramento de outras operações realizadas pela Deotap. Já fizemos esse combate em outras vezes. Nos últimos anos, grandes operações foram desenvolvidas aqui no estado, e tiveram como alvo principal, os bicheiros que organizavam a jogatina”, destacou a delegada. 

Pelo menos 70 pessoas foram encaminhadas para a Delegacia, onde prestaram depoimento.  Em Itabaiana, também ocorreram ações do gênero durante a tarde, não só no centro da cidade.

Da redação, Roberto Carioca com fotos da Polícia Civil