Fotos: Ascom/SSP_ Preso Márcio Roberto

A Polícia Civil apresentou na manhã desta sexta-feira, 27, na sala da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Copci), um homem acusado de matar a companheira com quem convivia há cerca de oito meses. Márcio Roberto Silva Porto(foto acima), 33 anos, se apresentou após seu advogado negociar sua rendição. Ele estava sendo procurado desde o dia 23 de julho do ano passado, data do crime. 

 Segundo a delegada Mariana Amorim(foto abaixo), o acusado ligou para a esposa, a senhora Daniela Ramos Silva, 34 anos, que era corretora de imóveis, e descobriu que ela estava no Loteamento Angelim, povoado Aldeia, em Santo Amaro das Brotas. “A vítima estava avaliando um imóvel da tia quando o ex-companheiro chegou e tentou reatar o casamento, mas ela se mostrou reticente. Inconformado, ela a chamou para conversar como amigos e saíram caminhando até um areial deserto”, explicou. 

 Mariana ressalta que ao perceber que estavam afastados da casa, Márcio sacou uma faca e desferiu 14 golpes no corpo da vítima, que morreu no local. “Ao perceber que a ex-companheira estava sem vida ela a jogou dentro de uma vala e fugiu de Topic para a Barra dos Coqueiros, onde viveu escondido nesse período”, destacou. 

 Delegada Mariana Amorim

O acusado vai responder pelo crime de homicídio qualificado. “Ele foi encontrar a esposa com a intenção de matá-la, pois levou junto consigo uma faca”. Disse Amorim. O corpo de Daniela foi encontrado horas depois pela própria tia que viu a sobrinha saindo com o ex-marido e não mais retornou. “Ele nega o crime, mas não há dúvidas sobre a autoria deste delito”. Márcio ficará preso preventivamente à disposição da Justiça.

Fonte: Polícia Civil/SE