O assalto aconteceu quando Ricardo Souza, prefeito de Macambira,  se encontrava na capital sergipana acompanhado de seu pai e do motorista, amigo pessoal da família. O alvo principal era chegar a sala do presidente da FSF José Carivaldo, que se encontrava  nas dependências da federação.

Eram dois elementos armados, quando tudo aconteceu. Um dos assaltantes, tão logo adentrou ao recinto, foi de imediato ao Prefeito de Macambira já com uma arma em sua direção. Dominado, Ricardo foi levado ao encontro do pai, sendo obrigado a pedir ao seu genitor que entregasse o celular, mesmo estando  em uma entrevista ao vivo para um emissora de rádio de nosso estado.

Surpreso com a ousadia dos bandidos, Carivaldo ainda tentou reagir, sendo logo contido pelo filho. Já o cidadão conhecido por Bocão, motorista de Carivaldo, chegou a ser agredido com uma coronhada entre as costas e a cabeça.

“O pessoal da Rádio  pensou até que a linha havia caído, mas não foi  isso o que aconteceu. Tive que entregar o celular mesmo estando no ar ao vivo na Rádio Cultura. Isso foi demais. E veja que estamos a menos de 100 metros de uma unidade da polícia aqui pertinho”, concluiu Carivaldo em entrevista ao radialista Roberto Carioca poucas horas após o ocorrido.

Tão logo a dupla de ladrões foi embora, o desportista informou a emissora que o entrevistava, ter sofrido um assalto junto com seu filho e os funcionários da Federação que estavam no local. Os marginais roubaram celulares, computadores, dinheiro e uma moto de propriedade de uma das vítimas.

O cidadão que estava no local com sua motocicleta, foi obrigado a presenciar uma cena de extrema covardia quando um dos elementos apontou uma arma de fogo em direção a uma criançinha de apenas 4 anos que o acompanhava. Nas dependências do palco da cena de terrorismo, estavam ainda cerca de 10 funcionários, entre homens e mulheres, todos rendidos e roubados.

Já está sendo providenciada a instalação de câmeras de monitoramento no prédio, a exemplo de segurança na portaria da entidade. Sempre acompanhado pelo pai, o Prefeito de Macambira Ricardo Souza se dirigiu a Delegacia Plantonista e registrou um Boletim de Ocorrência solicitando providências legais cabíveis ao caso.

Da redação, Wílson Botafogo.