Nesta quarta-feira, às 22 horas (Horário de Brasília), o Botafogo encara o Bahia no Estádio Lourival Batista tentando manter o bom início no Campeonato Brasileiro contra um adversário empolgado após derrotar o Internacional fora de casa. O jogo será disputado em Aracaju porque a Arena Fonte Nova, em Salvador, está à disposição da Fifa para a Copa das Confederações.

O Tricolor de Aço é o décimo colocado com quatro pontos enquanto o Alvinegro soma sete e está na terceira posição, perdendo a liderança nos critérios técnicos. A equipe carioca não perde há 19 jogos e foi derrotada apenas uma vez em 2013, perdendo para o Flamengo no Campeonato Carioca.

No Bahia, o técnico Cristovão Borges está confiante em outro bom resultado. Ele acha que o resultado alcançado em Caxias do Sul devolveu a confiança a um grupo que estava muito abalado com a sequência de maus resultados.

“Tenho certeza de que a torcida tricolor vai voltar a apoiar o time porque sabe que os jogadores estão trabalhando muito para superar a má fase”, declarou, fazendo referência à crise gerada pelo fraco futebol apresentado no Campeonato Baiano e pela eliminação precoce na Copa do Brasil.

O treinador da equipe tricolor pretende repetir a equipe que derrotou o Internacional. Alguns jogadores que vinham atuando como titulares como Zé Roberto, Toró e Obina não estão nos planos de Cristovão e podem ser incluídos numa lista de dispensas.

No Botafogo, o treinador Oswaldo de Oliveira confirmou o retorno de Fellype Gabriel. Ele foi liberado pelo departamento médico e participou normalmente de todas as atividades na manhã desta terça-feira, no campo anexo do Engenhão.

O volante Marcelo Mattos e o atacante Rafael Marques foram poupados, mas estão garantidos na equipe que vai jogar em Aracaju. Vitinho foi confirmado na vaga do meia uruguaio Lodeiro, liberado para defender a seleção do seu país nas eliminatórias sul-americanas.

O técnico alvinegro comandou um trabalho tático e deu ênfase aos lances de bola parada, com a participação efetiva dos zagueiros Antonio Carlos e Bolívar, tanto na defesa como no ataque.

Rafael Marques teve muitas dores de cabeça na segunda-feira e foi substituído por Bruno Mendes no treino desta terça, mas a tendência é de que não seja problema para o jogo. A novidade da atividade foi a presença do atacante Elias, recém-contratado,ao Resende.

 

   Em 2012, com Jéferson e Seedorf, deu Bahia 2 x 0

FICHA TÉCNICA DE BAHIA X BOTAFOGO

Local: Estádio Lourival Baptista, em Aracaju (SE)
Data: 5 de junho de 2013, quarta-feira
Horário: 22 horas (Brasília)
Arbitro: Heber Roberto Lopes (PR)
Assistentes: Kleber Lucio Gil e Carlos Berkenbrock (SC)

Ingressos: R$ 25,00(Arquibancada), e R$ 50,00(Numeradas)

BAHIA: Marcelo Lomba, Madson, Lucas Fonseca, Titi e Jussandro. Fahel, Diones, Hélder e Marquinhos.  Ryder e Fernandão.Técnico: Cristóvão Borges

BOTAFOGO: Renan; Lucas, Bolívar, Antônio Carlos e Julio Cesar. Marcelo Mattos, Gabriel, Seedorfe Vitinho. Fellype Gabriel e Rafael Marques. Técnico: Oswaldo de Oliveira

O volante Fahel, ex-Botafogo, mais uma vez enfrentrá o clube que tanto defendeu no futebol carioca. Fernandão pelo Bahia, e Rafael Marques pelo Botafogo são os principais goleadores de suas equipes nesta temporada.

Da redação.