Panche foi fundador do Presidente Médice

Nesta segunda-feira, dia 22, a família de José Reis Santos, que era popularmente conhecido como “Panche”, funcionário antigo desde os tempos do Estádio Etelvino Mendonça no Bairro São Cristóvão, que depois virou Módulo Esportivo, e atualmente está sendo usado como na área de construção do novo Ginásio de Esportes sob responsabilidade do Governo do Estado,  celebrará missa de três anos de seu passamento em nossa cidade.

Panche trabalhou durante muito tempo no antigo estádio, e com o surgimento do Presidente Médice, foi transferido para este local, onde permaneceu até o dia em que Deus o chamou.

Muito amigo, mesmo às vezes sendo meio durão, era querido e brincalhão também. No Médice, passava praticamente todo o dia, e tinha como companheiros diários colegas como Paulo Flamenguista, Gílson, o ex-atleta Elísio, Jaílton Izídio, que atualmente lá permanece, dentre outros, inclusive foi do tempo dos também saudosos João Andrade e Daniel de Jesus.

Panche gostava muito de trabalhar sem camisa, marca que o caracterizou no campo. Em 1969, quando o Itabaiana conquistou contra o Olímpico em vitória por 2 x 1 o seu primeiro título estadual, ele estava lá, vibrando com a torcida tricolor.

Pai de  14 filhos, como Luciano do depósito, do árbitro Ronaldo da FSF, e César dentre outros, era morador do Bairro Eucalíptos, e há três anos, ou seja, em 22 de junho de 2012, teve seu corpo velado no Pasp, após ser acometido por um problema de saúde.

“Meu pai foi meu grande herói na minha vida. Só fiquei triste porquê meu pai fez tanto pelo esporte, e principalmente pelo nosso time do Itabaiana, e após o seu falecimento, nem um minuto de silêncio sequer, foi respeitado em sua homenagem na história no nosso futebol de Itabaiana. Isso me entristece até os dias de hoje, Roberto”, lamentou o filho Luciano Rêis. 

A Missa de três(03) anos de seu passamento será realizada nesta segunda(22) as 19h30 na Igreja Matriz de Santo Antônio e Almas de Itabaiana. A família, ainda sentida por demais, convida a todos para este ato de fé e solidariedade cristã.