Venda fácil e ilegal faz crescer número de vítimas

Por volta das 11:00 horas desta quarta-feira, uma equipe do Samu foi acionada para ir até a uma residência localizada em uma travessa nas proximidades da Rua Eudálio Gouveia, entre os bairros Moita Formosa e São Cristóvão nesta cidade, onde segundo a vizinhança, havia um homem passando mal e agonizando.

Ao chegar no endereço solicitado, a equipe de socorristas constatou que se tratava de uma provável vítima de envenenamento com a ingestão de chumbinho. Em tempo, a vítima identificada ainda em sua casa pelo pré-nome de Zito da Cova da Onça, foi logo encaminhada ainda com vida ao Hospital Dr. Pedro Garcia, mas não resistiu e evolui à óbto logo em seguida.

Já com sua identificação oficial através de documento com foto, se constatou que se tratava do aposentado Zito Seriaco de Souza, 67 anos, natural de Itabaiana com familiares neste município e também em Moita Bonita, além do sul do país.  Zito era aposentado do INSS, e apresentava problemas cardíacos e princípio de depressão, além de alterações constantes em sua pressão arterial, o levando a tomar medicamento controlado e de uso contínuo.

Zito de Fuló, como era conhecido na região de Itabaiana, era tio do radialista Roberto Carioca. O seu sepultamento ocorreu no final da manhã desta quinta-feira(24), no Cemitério Municipal do Povoado Candeias, em Moita Bonita, após o corpo ser liberado pelo IML no final da noite anterior poucas horas após dar entrada naquela casa de necrópsia.

Em entrevista na Rádio Princesa da Serra ao programa na Boca do Povo,  um sobrinho identificado como Rubens de Anita informou a reportagem da emissora que a vítima era solteiro, morava só e em algumas oportunidades chegou a comentar que estaria propenso a tirar a própria vida praticando suicídio, o que infelizmente veio a acontecer.

Da redação, Karla Souza.