Foto: Capotamento na curva dá gameleira.  Na rodovia entre os municípios de Campo do Brito e São Domingos. </p><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br /><br />
<p>Cheio de gente no local O motorista foi baleado e tentando fugir capotou o carro. Motorista em estado grave.

Somente esta semana, o município de Itabaiana já registrou três homicídios, sendo dois por arma de fogo, e um por arma branca. O homicídio do Mutirão no Açude Velho aconteceu no último domingo na esquina da Rua Portugual  quando a vítima conhecida por Douglas, 19 anos,  foi morta a tiros caindo por cima de seu veículo de duas rodas.

Já na ocorrência do Bairro Campo Grande, o homem assassinado sofreu um profundo corte de faca na região da axila esquerda, sequenciada por um golpe a pedrada com forte hematoma na cabeça no final da noite da quarta-feira, dia 20. Ele tinha familiares no Povoado Carrilho e era conhecido como Zezinho, 24 anos de vida. No caso do Povoada Caraíbas na noite desta quinta-feira, um servente de pedreiro  identificado como Edvaníldo, 22 anos, morador da mesma localidade, foi morto a tiros em sua propriedade.

Já na manhã desta sexta-feira, um negociante conhecido por Zeca da Farinha residente na Rua Percílio Andrade, seguia para Lagarto quando foi alvejado por arma de fogo à altura da Gameleira entre Campo do Brito e São Domingos pela Rodovia João Paulo II. A vítima(veja na foto do whatsApp), estava acompanhada do funcionário Gilvan em um carro Cross Fox e provavelmente teria sido abordada de assalto, indo parar no hospital de nossa cidade.

Gilvan  foi atingido com um tiro na perna direita abaixo do joelho, mas passa bem após ser medicado. Familiares do senhor baleado foram comunicados da ocorrência e seguiram para o HPG. Esta não foi a primeira vez que tentaram assaltar Zequinha da Farinha, segundo a família.

Por outro lado, um cidadão que descia do carro no Povoado Junco em Areia Branca, caiu misteriosamente ao solo logo em seguida e passou mal. Populares apavorados com o estado de saúde do mesmo acionaram um ambulância do Samu que constatou gravidade aparente ainda no local do acontecimento nesta sexta-feira. Uma viatura da PM também foi solicitada e lá esteve, mas nada pode fazer.

Voltando aos casos de homicídios  praticados esta semana, o fato que nos chama à atenção também é para a idade das vítimas, entre 19 e 24 anos apenas. E isso tem se tornado rotina em levantamento realizado ao longo dos últimos assasssinatos ocorridos este ano no município, segundo a polícia.

Da redação.