O zagueiro Jemerson, que jogou na base do Itabaiana, de onde se transferiu para o Confiança chegando a disputar a Copa São Paulo em 2010, atualmente é titular absoluto da zaga do Atlético-MG.  E a sorte do nordestino foi também a contusão do zagueiro Réver, até entaõ titular da zaga mineira. Hebert está no DM, mas não vem fazendo falta.

“Jemerson fez uma boa copinha em São José dos Campos, e lá chamou à atenção de um olheiro do clube de Belo Horizonte que o levou para Minas. Eu estava em São Paulo ao lado de Carlos Magalhães fazendo a cobertura da Copa São Paulo de Juniors e o futebol dele principalmente contra o Grêmio em jogo que terminou empatado e diante do Coritiba/PR na 2ª fase foi covardia. Jogou muito e por isso não voltou pra Sergipe”, lembra o repórter Roberto Carioca da Rádio Capital do Agreste de Itabaiana e do Timaço do Magá na Rádio Jornal de Aracaju/SE.

Leia abaixo, na íntegra, a matéria da Gazetaesportiva.net desta quinta-feira, dia 20, sobre o atleta:

O futebol jogado pelo Atlético-MG tem encantado o Brasil neste final de temporada, e um dos motivos para o time subir de produção foi a troca de algumas peças que não vinham correspondendo por atletas que se encaixaram como uma luva na equipe de Levir Culpi. O zagueiro Jemerson e o lateral-esquerdo Douglas Santos são dois exemplos de jogadores que tem enchido os olhos do treinador atleticano.

Levir Culpi costuma dar chances para os jovens jogadores, mas revela que nos casos de Jemerson e Douglas Santos, o rendimento tem sido bem acima do esperado. No caso do defensor, Levir Culpi chegou a comparar o zagueiro com o argentino Otamendi, que no pouco tempo que ficou no Galo se tornou ídolo da torcida alvinegra.

“Fiquei impressionado principalmente com o Jemerson, porque tínhamos na zaga o Otamendi, que é um craque. E entra o Jemerson contra o Lanús e fez um jogo parecido com o do Otamendi, sem exagero, com qualidade muito grande. A gente confiava, não tenho medo de colocar, mas sinceramente não esperava tanto. Vai ser um grande zagueiro”, declarou.

                                                                                          Divulgação/Bruno Cantini/Atlético-MG

              Jemerson é destaque na zaga do Galo e foi comparado a Otamendi, que deixou o clube pós-Copa
 
Da redação, Wílson Botafogo